«

»

Imprimir Post

Nantes: o elefante gigante do Les Machines de l’Île

Um dos passeios mais legais que fizemos em Nantes foi o elefante robô gigante do Les Machines de l’île, um dos símbolos da cidade.

Nantes é a cidade natal de Jules Verne, e esse elefante é uma referência ao estilo Steampunk que foi inspirado em parte pelo autor. (Quem já leu A Volta ao Mundo em 80 dias, jogou Professor Layton no Nintendo DS, ou curtiu o filme Hugo Cabret vai adorar esse universo imaginário!)

 

Existe toda uma estrutura em volta do elefante: ele fica num galpão construído onde antigamente era a fábrica de navios da cidade (ainda dá pra ver muitas estruturas restantes da fábrica). Pra chegar lá, é só pegar o tramway (linha 1) e descer na parada Chantiers Navals. Depois é só atravessar a ponte a pé.

 

 

O passeio de elefante custa 8€ e dura uma meia hora. É uma ótima pedida pras crianças! O Rafael ficou um pouco com medo e quis chorar na hora que o elefante começou a esguichar água pela tromba (faz um barulhão danado!) mas depois que o convencemos a subir no bicho, foi uma felicidade só. O sorriso dele já diz tudo!

 

 

No mesmo lugar também tem também o Carrousel des Mondes Marins, um carrossel de vários andares super bonito, inspirado (eu acho) no livro 20 mil Léguas Submarinas, com cada andar representando uma profundeza do mar. Essa atração não é só pra crianças, os adultos também podem curtir!! Chouette! 🙂

 

Link permanente para este artigo: http://www.viajarnafranca.com/2013/07/nantes-les-machines-de-lile/

2 comentários

  1. tereza moreira

    Fiquei encantada, um dia desse irei conhecer esse lugar maravilhoso!

  2. Francisca Elionete de Lima Rodrigues

    Fiquei impressionada com o Elefante Gigante pretendo conhecer, seu site esta me deixando mais tranquila por está viajando para França em Janeiro pela primeira vez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>