«

»

Imprimir Post

Mer de Glace, o mar de gelo em Chamonix

J’ai honte. Estou com vergonha. A primavera já está chegando e até hoje não postei quase nada sobre os passeios que fizemos no inverno 😳

E olha que antes de viajar eu estava jurando que ia levar meu notebook na viagem e publicar diariamente as atividades das férias. Ah-am. A correria foi tanta que nem foto lembrei de tirar direito.

Enfim, antes que eu me esqueça de tudo, aqui vão algumas fotos e o relato obre nosso passeio em Chamonix, nos Alpes.

Chamonix é uma cidadezinha muito famosa pela sua estação de ski. Como não sei esquiar direito e viajamos com minha família que estava vendo a neve pela primeira vez, esquiar não fez parte dos nossos planos. Mesmo assim, Chamonix foi uma parada bem legal no nosso roteiro, pois é lá que é possível fazer uma passeio super original: a subida de trenzinho para ir no Mer de Glace (mar de gelo).

Acho que meu povo nunca vai esquecer esse passeio. Pra começar, a estrada pra chegar até lá é linda!! Depois acho que vou fazer um post só sobre isso. E foi a primeira vez que eles viram neve de verdade.

Chegando na cidade, paramos no estacionamento pago logo ao lado da estação de trem. Nem adianta ficar rodando no centro da cidade, porque com as ruazinhas minúsculas cobertas de neve a tarefa de encontrar uma vaga é missão quase impossível.

E foi bem ali no estacionamento mesmo que a galera aproveitou pra se jogar na neve. Pisaram, apertaram, fizeram bolinha, lamberam, chutaram… Sabe quando a gente era criança e escrevia “lave-me” na poeira dos vidros dos carros? Acho que algum compatriota não perdeu o hábito até hoje, pois estacionamos ao lado de um carro que tinha escrito BRASIL na neve. Realmente mais apropriado do que “lave-me” neste caso 😉

Passadas as primeiras emoções, fomos logo para a estação pegar o trem que sobe até o Mer de Glace. O passeio custa 26€ por pessoa e inclui a ida e volta de trem, a entrada no museu, o teleférico e a entrada na casa de gelo. A dica pra quem estiver viajando em família, mesmo se todos forem adultos, é pedir o “forfait famille”, que sai por 78€ para 4 pessoas.

Apesar da vendedora ter avisado que a visibilidade estava zero por causa da neblina lá em cima, decidimos ir mesmo assim. Nesse passeio o chéri e o bébé ficaram para trás passeando na cidade: é impossível fazer isso com criança pequena, e vocês logo vão entender por quê.

Também nem queria ir! Me diverti muito mais aqui viu. Humpf.

 

Entramos no trenzinho e aventura já começou ali mesmo. Lá fomos nós, enfrentando uma subida super íngreme pelas encostas da montanha que durou uns 20 minutos debaixo da neve, entre pinheiros de um lado e um abismo de vários metros logo ao lado dos trilhos do trem de outro. Quando atingimos 1913m de altitude, descemos na estação de Montenvers-Mer de Glace.

Detalhe: chegando lá em cima, não joge seu ticket fora, você vai precisar dele pra pegar o trem de volta!

Nos dias normais é possível ver o Mar de Gelo lá de cima. Quando fomos a neblina não deixou a gente ver nada a mais de uns 10m de distância… o que na verdade foi algo muito positivo na hora de motivar o pessoal pra descer os 400 degraus que levam até o Mer de Glace. “Não dá pra ver, gente, mas é bem ali pertinho…”

Antes de encarar os degraus, pegamos um teleférico para já descer alguns metros.

O Mer de Glace na verdade é uma geleira situada num pequeno vale no alto dos Alpes. É realmente algo muito interessante que vale a pena ver! Todo inverno eles esculpem uma caverna no gelo como se fosse uma casa de verdade, com cama, mesa, bar… tudo de gelo. É ultra kitsch mas é um barato.

Aproveite bem o passeio na casa de gelo, pois se a descida dos 400 degraus é só alegria… na subida a coisa é diferente! Fique também atento aos horários de retorno do trem: ele desce de volta pra Chamonix a cada hora, portanto calcule bem o tempo que você vai levar pra visitar e subir tudo de volta. Nós acabamos tendo que correr e nem visitamos o museu pra poder descer a tempo de almoçar.

Depois desse passeio, voltamos ao centro da cidade para dar uma volta, almoçamos no Mc Dô mesmo pra ir mais rápido e seguimos para a segunda parte do nosso passeio, que vou contar no próximo post: Megève!

 

Link permanente para este artigo: http://www.viajarnafranca.com/2012/03/passeio-no-mer-de-glace-o-mar-de-gelo-em-chamonix/

8 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Raquel Fatiguée

    Verdade verdadeira: se eu soubesse, a descida foi linda, mas a subida… kkkkkk
    Affffffffff!

  2. Anderson

    ola, vou para chamonix e vou ficar apenas um dia, gostaria de saber quanto tempo eh necessario para este passeio?

    1. Ana Veloso

      Anderson, esse passeio leva pelo menos umas 3 horas (incluindo a subida e a descida de trem), programe pelo menos a metade do dia pra fazer tranquilamente! Bjs

  3. Juliana Saboia

    Olá Ana, como faz o trajeto até lá? Dá pra ir de trem?

  4. Vanessa

    Oi Ana, tudo bem?

    Desde que minha irmã começou a falar sobre ir pra França eu acompanho os seus posts (e adoro!). Ela se mudou pra Paris e estou planejando visitá-la agora em Dezembro.

    Apesar de estar really excited (vou realizar o meu sonho de ir pra Paris), estou triste de ir em uma época de frio intenso pois não vou ver a beleza dos jardins, vou sentir frio ao passear na rua e tal… mas adorei sua dica de Chamonix e Mar de Gelo.

    Vc tem mais dicas de passeios pra fazer no inverno? Como eu vou ficar mais de 20 dias tenho que me programar bem pra não ficar em casa e meu filhote de 10 anos está todo animado…

    Um bj,
    Vanessa

  5. Patríca

    Oi, Ana. Estou indo para Paris em abril de 2014. Como é o clima? muito frio? Me dá umas dicas das roupas que tenho que levar.

    Bjs, Patrícia.

  6. margarete

    ola Ana, sua dica sobre chamonix é sensacional. Posso ir de trem de Paris? Vc sabe algo sobre annecy? bjs Margarete

  7. Willians

    Olá, Ana. Parabéns pelo Blog!
    Como muitos aqui, queria uma dica sua em relação a duas coisas:
    Para esquiar, devo ficar baseado em qual cidade? Fico em Chamonix, mesmo, ou em outra cidade mais em conta, e me descolo para essa cidade de alguma?
    Até que ponto vale pena ou é necessário dirigir para eu me deslocar pelas redondezas?

    Grato!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>