«

»

Imprimir Post

Mercado de Natal de Montbéliard, no leste da França

Um dos primeiros passeios que fiz com minha família no fim do ano foi o Mercado de Natal de Montbéliard (pronuncia-se mon-beliar), uma pequena cidadezinha da Franche-Comté, que é uma região rural montanhosa do leste da França.

Os mercados natalinos são uma tradição forte nos países do Leste Europeu. Aqui na França, é a região da Alsácia que tem os mais bonitos mercados, mas também os mais lotados de turistas.

Como eu prefiro coisas mais autênticas, vou todos os anos  a esse mercado de Natal, que é bem menor e também mais prático pra mim. Ano passado faltei ao compromisso pois o Rafael estava com apenas 2 meses e não tive coragem de deixá-lo pra trás. Este ano ele ficou com o pai.

Apesar de Natal ser um tema ótimo para crianças, não recomendo esse tipo de programa com bebês… os coitadinhos só vão passar frio e os pais só vão passar aperto, pois não há nenhuma estrutura adequada para os menorzinhos.

Para as crianças um pouco maiores, aí a coisa já muda. O mercado vira uma festa pra eles: passeio de charrete com o Papai Noel (que tem barba de verdade!), pista de patinação no gelo, barraquinha com doce, mini fazendinha pra ver os bichos, carrossel e outros brinquedos…

Em 2011 a novidade foi que além de poder ir com minha família de brasileiros congelados, pegamos a nova linha de TGV Rhin-Rhône que foi inaugurada dia 11 de dezembro.

A viagem de ônibus que costumava fazer durava mais ou menos 2h30. Com o novo TGV, o trajeto Dijon-Montbéliard foi feito em apenas 50 minutos!

Saímos de Dijon devidamente agasalhados e com nossos sanduíches devidamente comprados na Paul da estação de trem para passar a tarde no Mercado. E lá fomos nós fazer farofada na primeira classe do 2º andar do TGV duplex.

As paisagens que fomos vendo pela janela do trem aos poucos iam mudando. Os campos verdes e planos da Bourgogne iam dando espaço ao relevo montanhoso com pinheiros cobertos de neve da Franche Comté. E ia caindo neve, muita neve…

Chegando na estação de TGV de Montbéliard (que é super moderna e foi feita especialmente para receber essa nova linha) é preciso pegar um ônibus que leva até o centro da cidade, onde acontece o mercado. A passagem custa 1,50€ e o trajeto demora mais uns 15 ou 20 minutos. Essa é a parte mais chatinha da viagem, mas acho que no fim das contas ainda compensa.

Ao chegar na cidade, a neve deu uma trégua. Ficou só uma nevinha bem de leve, com aqueles floquinhos que vão caindo dançando bem devagar e que nem chegam a molhar de verdade… lindo!

Raquel e Valter … e um pouquinho de neve caindo

As barraquinhas vendem todo tipo de comilança e bugigangas natalinas. A cidade toda fica iluminada durante o mercado de Natal. Uma das poucas vantagens da noite cair cedo (lá pelas 17h) é que a gente pode curtir a iluminação!

 

 

 

Link permanente para este artigo: http://www.viajarnafranca.com/2012/01/mercado-de-natal-de-montbeliard-no-leste-da-franca/

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Raquel

    Um pouquinho de neve, mas muitão frio!!!! Brrrrrrrrrrrrrr!!!
    Lindo lugar, recomendo!

  2. Fatima Matos

    Estou muito feliz de ter encontrado seu blog! Sou americanófila e todo ano viajo com a família para lá. Esse ano, graças ao seu blog, enchi meu peito de coragem e disse: 2012, Natal, Paris! Meu filho, tem 7 anos e está no frances desde o ano passado, eu fiz um pouquinho e parei. Devo voltar, para não pagar muito mico..kkkk Obrigada! vc me faz ser destemida!!!!!!

    1. Ana Veloso

      Fátima, ótima resolução para 2012! A França é totalmente diferente dos EUA, em todos os aspectos. Sou suspeita pra falar, mas prefiro mil vezes a terra do Molière que a do Tio Sam 😉

      Cheguei ao cúmulo de preferir o cinismo dos franceses ao entusiasmo exagerado dos americanos. Acho que já me afrancesei tanto que da última vez que estive nos States até estranhei a amabilidade do pessoal nos hotéis e nas lojas. “Heeeeey how are you doiiiing? Can I help youuuuuuuuu”. Só pensava assim: “nossa, eu te conheço e faz tempo que a gente não se vê, ou vc está querendo muito ser meu amigo?” rsrsrs. Pra mim soa muito falso e forçado. Já me acostumei com o fato que os franceses não se (es)forçam nem um pouco no quesito gentileza…

      E não se preocupe com a língua, tem que ser destemida mesmo! Além do mais, as crianças nessa idade aprendem a falar numa velocidade tão impressionante que na hora que a coisa apertar ele dá um jeito de traduzir pra vc! :mrgreen:

  3. Aline

    Oi,
    Conheci teu blog ontem e já estou apaixonada.
    Como brasileiro só conhece Natal no calor, estou animadíssima por passar meu primeiro final de ano no frio… moro em Grenoble desde agosto deste ano e fico até agosto/2013.
    Vou comparecer seguido nos comentários aqui… 😉

    Uma perguntinha sobre Montbéliard: o que tem na cidade para visitarmos além da ferinha de Natal? Não encontrei praticamente nada na internet (achei uma foto de um castelo). Alguma sugestão de passeio nas cidades ao redor?

    Grande beijo e parabéns pelo blog
    Aline

  4. THAYS MARTINS

    NOSSA ADOREI.
    CHEGUEI DE MONTBELIARD FAZ QUASE UMA SEMANA.
    LINDA A FEIRINHA DE NATAL DE LÁ. QUANDO SAÍ ESTAVA FRIOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO , RECOMENDO MUITO,CIDADE LINDA. VOLTAREI EM BREVE PARA MORAR LÁ. CHEGUEI AQUI TODA EMPACOTADA PRA DERRETER NO CALOR DE RECIFE.
    SUPER TRISTE.
    A FRANÇA É ENCANTADORA…TANTO É QUE ACHEI MEU PRÍNCIPE LÁ.
    UH-LA-LÁ
    :*

Deixe uma resposta para Ana Veloso Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>