«

»

Imprimir Post

Lille: por que vale a pena ir

Pergunte para qualquer francês sobre o norte da França (região Nord-Pas de Calais) que ele vai dizer que é uma região chata. Chata nos dois sentidos: além do relevo ser plano, sempre chove, só faz frio, o povo é meio caipira e fala com um sotaque meio abestalhado que todo mundo adora gozar.

Tá, em parte pode até ser verdade, mas a capital da região Nord, Lille, é uma das minhas cidades francesas favoritas. Já estive lá várias vezes e cada vez fico com um gostinho de quero mais.

Situada a 220 km ao norte de Paris, pertinho da fronteira com a Bélgica, Lille já é mais belga que francesa. Lá as pessoas falam diferente, comem e bebem coisas diferentes, se comportam diferente e até têm um apelido diferente: ch’ti. E você vaiver ch’ti pra todo lado, é ch’ti isso, ch’ti aquilo…

Ch’ti quoi?

Quem achou que falava francês vai ficar meio confuso, mas é assim mesmo. Há uma controvérsia sobre o que ch’ti quer realmente dizer, alguns dizem que é o equivalente de petit, outros de celui (este, aquele). Em todo caso, os ch’tis – como também são apelidados os habitantes do norte – têm orgulho de ser como eles são e de falar o dialeto próprio deles e estão pouco se lixando pras gozações dos parisienses e mediterrâneos. E com toda razão, porque a terra deles é bacana mesmo.

 

Como ir a Lille

A viagem a Lille é muito fácil de se fazer e a cidade pode ser visitada em um dia, apesar de 2 dias ser o tempo recomendado pra ver tudo com calma. Você pode fazer uma ida e volta de Paris de TGV (1 hora de viagem) ou fazer uma parada de uma noite se estiver indo de Paris pra Londres, Bruxelas ou Amsterdã. Lille tem conexões diárias de trem Eurostar pra Londres (1h30) e de Thalys para Bruxelas (30min) e Amsterdã (3h), saindo da gare Lille-Europe no centro da cidade.

 

O que ver e fazer

Se o tempo estiver frio ou chuvoso (o que tem bastante chance de acontecer), pegue o city tour de Lille de micro ônibus, que dá uma boa volta pela cidade durante 50 minutos. Senão, vá passeando a pé mesmo.

O centro histórico da cidade, Vieux Lille, tem ruelas lindas. Aprecie a arquitetura flamenga da cidade: aqui você vai ver muitas casinhas de tijolo marrom, compridas e estreitas e coladinhas umas nas outras. A Place aux Oignons é pequena e uma gracinha, já a place Général de Gaulle (mais conhecida como Grand’ Place, como a de Bruxelas) é enorme e tem um panorama legal da arquitetura de Lille dos sec. XVII a XX.

É nesta última que se situa a Vieille Bourse, que é o monumento mais bonito de Lille. Todo dia no pátio da Vieille Bourse tem venda de livros e discos usados, sempre que vou dou uma fuçada. Desta vez encontrei livros pro meu filho por 1€ que nem eram usados!

Bem pertinho ficam a Opéra de Lille e a Chambre de Commerce com seu famoso beffroi (pronuncia-se befruá) ou torre do relógio. Não é possível subir nesta torre, mas o beffroi de l’hôtel de ville a uns 10 minutos a pé oferece uma vista bem legal da cidade.

Sem falar que em Lille come-se e bebe-se muito bem! Vários restaurantes típicos (os estaminets) servem pratos deliciosos e a cidade é cheia de tentações como gaufres, doces…

Só esqueça o vinho e vá de cerveja mesmo, que é o que a região produz de melhor.

Galeria de fotos:

 

Link permanente para este artigo: http://www.viajarnafranca.com/2011/10/porqu-lille/

8 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Raquel

    Quero muito ir!

  2. Salete

    Eu amo a França e sua cultura gostaria de ir a Lille para ver e sentir a energia dessa linda cidade repleta de história.

  3. Sonia Souza

    Lille foi uma surpresa agradabilíssima . Nosso hotel Best Western Why valeu cada euro cobrado e eu não me propunha a pagar muito. Os passeios a pé, a cerveja e os pratos walsh (tudo junto no forno dentro de uma panelinha) são as coisas que destaco.

  4. Victor

    Eu to morando em Lille há duas semana em Lille e recomendo a todos é muito linda!!!

    1. Ana Jhulia

      Boa tarde. Victor, eu e meu marido estamos com planos de ir morar em Lille, e eu gostaria de saber mais sobre a cidade, casas para alugar, emprego, custo de vida, será que você não se importa de trocar alguns emails comigo?
      Se puder eu aguardo o seu contato.
      anna,jhulia09@gmail.com

      Desde já, agradeço.
      Atenciosamente
      Ana Jhulia

    2. Apardcida

      Vc ainda mora em Lille? Preciso de uma indicacao de moradia a partir de outubro

  5. Hermana Carneiro

    Tenho familia interessada em emigrar para Lille e estou a tentar recolher tudo que lhes possa ser útil. Como é viver em Lille no dia a dia? E as casas são faceis de alugar no Centro? ou vive-se melhor fora da cidade? Que zonas sugere para uma familia com filhos adolescentes? Pode-se andar de bicicleta na cidade? Existem bicicletas para alugar? Outras dicas que considere importantes, agradecia imenso!

  6. Lorena

    Oi, adorei o post!
    Tenho planos de ir para Lille, para fazer faculdade. Queria saber como é por lá, se as universidades são realmente boas, como fica o transporte…
    Agradeço desde já.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>